CONHECIDOS MAS NÃO RECONHECIDOS - WALTER LANTZ

Quando alguém pergunta a alguém que tem por volta dos 30 anos qual o seu desenho preferido, normalmente esta pessoa fará uma lista com alguns clássicos da animação e muito provavelmente o nosso anárquico personagem Pica-Pau estará contido na relação.
 
O desenho até hoje faz sucesso nas telas brasileiras, apesar de muitos entenderem que os desenhos mais novos do Pica-Pau são medíocres se comparados aos desenhados entre os anos de 1940 e 1972. Realmente faz sentido pois o desenho parou de ser produzido nos EUA em 1999.
 
Pica-Pau é um dos personagens mais famosos dos estúdios da Universal e um dos poucos desenhos animados indicados ao Oscar de melhor música (o Winkipédia é maravilhoso! rsrs), entretanto, tente fazer uma pesquisa rápida sobre os criadores dos desenhos e você verá algo como:
O Mickey, o Pateta, o Pato Donald e o Pluto foram criados por Walt Disney;
Tom e Jerry, assim como os Flinstones e os Jetsons são uma criação de Hanna & Barbera;
A Monica é uma criação de Maurício de Souza;
 
Mas veja você como é o destino. Você sabe o nome do criador e produtor do Pica-Pau? Isso o faz digno de participar desta coluna dos "Conhecidos mas não reconhecidos"! Walter Lantz era descendente de italianos e começou a desenhar aos 12 anos. Foi mecânico e após ter sido descoberto por um de seus clientes foi trabalhar em estúdios de animação. Teve seu próprio estúdio que fechou nos anos 50 por problemas financeiros, foi criador de personagens como Andy Panda, Chilli Willy, Zeca Urubu, Os Ursulões e outros tantos.
 
O sucesso de Pica-Pau tornou o personagem maior do que seu criador, mas Walter Lantz deve ser considerado gênio pois criou um personagem que em um primeiro instante foi rejeitado pelos chefões dos estudíos por ser "muito feio", mas Lantz persistiu e produziu um ícone da animação mundial. Lantz morreu em 1994 aos 96 anos.



Escrito por oaraujo às 15h20
[] [envie esta mensagem] []



DICA DE FILME - THE EDUKATORS

 

 Nova idéia neste espaço.

Dica de filme: The Edukators.

 



Escrito por oaraujo às 21h46
[] [envie esta mensagem] []



TORCEDOR, ESTÁDIO, O PÚBLICO E O PRIVADO...

Meu amigo Paulo Nunes me encaminhou o texto abaixo. É uma ótima questão. E mostra que infelizmente os seres comuns do mundo não tem vez nos jogos de interesse do poder.

Nesta sexta-feira da Paixão, o prefeito de São Paulo Gilberto Kassab (uma espécie de Pitta do governador Serra) vetou a lei que proíbe o término dos jogos de futebol profissional após as 23:15hs.

Tenho certeza que você está se perguntado por que pedi para postar este texto no blog. Afinal, que importância isto tem? É natural que você nem mesmo goste de futebol.

Para ficar claro onde eu quero chegar é preciso resumir como isto começou e, portanto, preciso de um pouco da sua atenção. Apenas o suficiente para você formar a sua opinião.

Os jogos envolvendo os clubes de maior torcida, Corinthians, São Paulo, Palmeiras e Santos são realizados as 21:50 hs  para atender a grade de programação da Rede Globo de televisão, detentora dos direitos de transmissão dos jogos do Campeonato Paulista, Libertadores e Copa do Brasil (está última repassada à Band).

Na verdade, 21:50 hs é o horário inicial de transmissão das partidas, Na prática os jogos começam as 22hs e terminam por volta de 00:10hs. O que claramente gera um transtorno aos torcedores (principalmente os que dependem do transporte público para voltar para casa), profissionais envolvidos no evento e, claro, moradores de regiões próximas aos estádios de futebol.

No inicio de março, a Câmara dos Vereadores da cidade de São Paulo aprovou o projeto de lei dos vereadores Antonio Goulart e Agnaldo Timóteo que proíbe o término das partidas de futebol profissional organizadas na cidade após as 23:15hs. O que cabe acrescentar que as partidas precisariam ser realizadas, no máximo, até as 21hs.

Bastava ao prefeito Kassab a simples tarefa de assinar a lei. Afinal o assunto foi discutido pela sociedade através de importante veiculo de comunicação, a Rádio Jovem Pan AM, devidamente debatido pela Câmara e a lei aprovada pela imensa maioria dos vereadores. Foram 43 votos a favor, 02 contra e 03 abstenções.

A partir daí coisas estranhas começaram a acontecer. Além do prefeito não assinar a lei, foi convocada uma audiência pública para discutir o assunto. Observe, o assunto foi discutido pela sociedade, debatido na própria casa e transformado em lei por decisão dos próprios vereadores. Discutir mais o que?

Foi organizada a tal audiência pública com a presença dos nobres vereadores, representantes da sociedade civil, Federação Paulista de Futebol e, claro, da Globo Esportes, empresa da Rede Globo responsável pela gestão dos contratos de eventos esportivos apresentados pela emissora.

Conversa vai, conversa vem, e no final  os vereadores reforçaram a decisão. A lei, que já havia sido aprovada, foi aprovada de novo e a bola estava novamente com o prefeito Kassab. No entanto, alguns vereadores da base governista, provavelmente dotados de dons proféticos, alertaram no final da audiência: “o prefeito vai vetar”.

Na sua campanha a prefeitura, Gilberto Kassab defendia a idéia de que “um prefeito de verdade precisa ter coragem diante dos desafios”. De duas uma, ou a coragem do prefeito Kassab tem limite ou ele não é um prefeito de verdade, pelo menos não em seus próprios termos. Afinal, ele até poderia ter vetado a lei desde o inicio. Deixando claro as suas razões e evitando este episódio circense.

Agora o mais grave por trás de todo esta epopéia, ao menos na minha humilde opinião, é o seguinte: o prefeito foi eleito pela maioria dos cidadãos de São Paulo e em tese deveria estar atento ao que é de interesse PÚBLICO.

 Então por que quando o INTERESSE PÚBLICO (o de ir a um estádio de futebol acompanhar o seu time de coração em um horário que o permita voltar com certa tranqüilidade para casa) entra em conflito com o INTERESSE PRIVADO (o de uma emissora de televisão em defender a todo custo a sua grade programação) o prefeito Gilberto Kassab, estranhamente, toma uma decisão contrária a expectativa de quem, pelo voto, o colocou no poder?  

 



Escrito por oaraujo às 19h00
[] [envie esta mensagem] []



CONHECIDOS MAS NÃO RECONHECIDOS - EDIÇÃO DUPLA

Nesta edição do nosso "Conhecidos mas não reconhecidos" trazemos mais 2 expoentes importantes da cultura brasileira. Um deles, o cartunista Glauco, foi brutalmente assassinado há alguns dias, então este post sai em homenagem a um cara que significou muito para a minha geração.
 
Os traços dos desenhos de Glauco eram um tanto quanto anárquicos e demonstravam movimentos muito rápidos e uma urbanidade impar. Um excelente contador de histórias urbanas e politicamente incorretas.
Glauco era conhecido como um dos cartunistas da chamada Santíssima Trindade dos quadrinhos nacionais. Ao lado de Laerte e Angeli foi um dos responsáveis pela revolução dos quadrinhos brasileiros na década de 80.
Quadrinhos como Geraldão, Dona Marta, Oszetês, Zé do Apocalipse e Faquinha retratavam diversas situações cotidianas através do humor ácido e direto. Há alguns anos Glauco também inseria suas críticas as mais diversas situações do mundo em charges muito bem elaboradas. O mais interessante é que grande parte do público conhece seus desenhos mas não conhecia Glauco. Cara bão que marcou uma geração!

 
Pensavam que eu estava esquecendo o outro expoente? Nem...
 
Tom Zé é um artista que pratica o que eu costumo dizer de "anti-música". Ele está em um tempo muito mais evoluido que a gente, e por isso talvez não seja devidamente reconhecido como artista no cenário nacional. Andava esquecido cuidando de suas rosas no jardim quando foi redescoberto por ninguém menos que David Byrne (Talking Heads) que o elevou a condição de gênio da música. Como a opinião pública brasileira é muito influenciada pelos ditames internacionais, Tom Zé passou a ser incensado de uma hora para outra, mas a coisa foi arrefecendo e hoje Tom Zé é uma boa referência na música alternativa.
Expoente do Tropicalismo Tom Zé não seguiu os passos de Caetano e Gil e não se propos a ser um intelectuóide que vive de seu passado brilhante. Pelo contrário, continuou produzindo coisas malucas e dando ao mundo muitas das letras mais vanguardistas da atualidade, apesar de ser um senhor de 70 e tra-la-la anos.
Parabéns e vida longa a Tom Zé!!



Escrito por oaraujo às 18h50
[] [envie esta mensagem] []



EDIÇÃO EXTRA "CONHECIDOS MAS NÃO RECONHECIDOS"

Eu tinha programado um novo artista para colocar aqui na série "Conhecidos mas não reconhecidos", porém uma notícia da semana passada me fez mudar de planos. Soube que foi decretado o fim das atividades da banda CORDEL DO FOGO ENCANTADO.
 
O Cordel foi um grupo formado por jovens do sertão nordestino que veio logo após a revolução do Mangue Beat. Poderiam alguns dizer que os caras pegaram uma carona no movimento, mas acho que o Cordel tinha uma identidade muito particular, não havia em suas músicas muitas misturas de rock, porém, as batidas dos tambores, a energia das músicas e a excelente presença de palco de seus componentes fazem da banda um excelente expoente dos conhecidos mas não reconhecidos.
 
Não tiveram um grande reconhecimento da grande mídia, mas seu som envolveu e muito toda a galera da música alternativa deste país. Fui em alguns shows e posso confirmar que o Cordel tinha um dos shows mais eletrizantes da cena musical brasileira. As músicas com muita poesia e referências a cultura nordestina criavam uma chama de encantamento.
 
A banda lançou 3 discos:
 
  • Cordel do Fogo Encantado
  • O Palhaço do Circo sem Futuro
  • Transfiguração
 
Os componentes:
 
  1. Lirinha
  2. Clayton Barros
  3. Emerson Calado
  4. Nego Henrique
  5. Rafa Almeida
 
Se você conhece, mate a saudades no vídeo abaixo. Se você não conhece, veja, ouça, e entenda porque eles foram incluídos no hall dos "Conhecidos mas não reconhecidos".



Escrito por oaraujo às 23h15
[] [envie esta mensagem] []



TURISMO EM SÃO PAULO

Recentemente São Paulo foi considerada "a melhor cidade brasileira para o turismo". Todos sabem que eu adoro São Paulo, sua face cosmopolita, suas ruas, os bairros, os bares, enfim, sou paulistano convicto.
 
O grande problema é que esta grande cidade turística sofre com os mandos e desmandos de seus medíocres governantes. O título conquistado para o turismo foi amplamente divulgado pelo governo com um viés de "vejam como transformamos esta cidade"! E eu como não suporto o falso-moralismo-neoliberal-partidário-da-direita-burra-deste-estado resolvi ajudá-los a divulgar ainda mais a cidade com algumas das maravilhas promovidas por eles. Ai vão elas:
 
  • Quer beleza? Conheça a Veneza paulistana, os maravilhosos Jardins Pantanal e Romano. Neles você poderá navegar em botes e caiaques improvisados pela população em um lugar alagado às margens do fétido Rio Tietê
 
  • Adrenalina? Desfrute de momentos de grande emoção no metrô de São Paulo. Programe-se para ser transportado entre 18:00 e 20:00h e você irá sentir o prazer de estar dentro de um enxame de pessoas que se aglomeram umas sobre as outras em vagões superlotados
 
  • Visite nosso centro velho e sinta a fragrancia agradável da urina de nossos moradores de rua, além disso você poderá fotografar idosos, jovens e crianças que vivem jodados em nossos passeios públicos em total interação com nossos maravilhosos equipamentos urbanos. Recomendamos este passeio no período noturno.
 
  • Sinta-se trafegando nas ruas após uma guerra civil caminhando sobre o lixo que se espalha pela cidade. Veja restos de comida, equipamentos quebrados e um sem número de miseráveis catadores de sucata que justificam o Brasil como primeiro colocado na reciclagem de latas de alumínio.
  • Faça suas compras com tranquilidade e totalmente dentro das leis vigentes, visitando os boxes de mercadorias contrabandeadas na região da 25 de março. Lá você encontrará o melhor dos produtos chineses que foram importados sem passar pela alfandega.
São Paulo precisa ser mais bem tratada. Se deste jeito já dizem que é bom, imagine se um dia conseguirmos a graça de termos estes problemas resolvidos.


Escrito por oaraujo às 15h37
[] [envie esta mensagem] []



DA SERIE "CONHECIDOS MAS NÃO RECONHECIDOS"

 
Vejo muita gente que se impressiona com a cena rock inglesa dos anos 90, bem isso é muito legal mesmo, apesar de que em nenhum momento isso me soou novo.
 
O fato é que existiu (ou existe?) uma banda inglesa que na minha visão ficou a margem da cena local e consequentemente do grande público. Ou seja, faz parte de um grande número de artistas que são conhecidos e não reconhecidos.
 
As músicas do Stone Roses flutuam entre dançantes, melancólicas e psicodélicas. Muito do que você vê em bandas como Oasis, Coldplay e Blur podem ser facilmente identificadas nas músicas da banda liderada por Ian Brown.
 
Os Stone Roses lançaram 2 albuns oficiais (The Stone Roses e Second Coming) sendo o album de estréia considerado na Inglaterra um dos melhores discos já lançados.
 
Acho que vale a pena dar uma conferida no som dos caras, baixar alguns sons e comentar aqui pra dizer se eu falei alguma besteira.
 
Ah sim! Abaixo vai a ficha técnica da banda:
 
Formação clássica (novembro de 1987 a março de 1995)
E em seguida uma mostra do som dos caras. Divirtam-se!



Escrito por oaraujo às 15h06
[] [envie esta mensagem] []



DÚVIDA...

Este post é baseado no livro "O valor do Amanhã" de Eduardo Gianetti.
 
O que você prefere? Viver 10 anos a 100 ou 100 anos a 10? Carente
Seja qual for sua resposta, você deve ter consciência dos riscos de sua escolha. Eduardo Gianetti, faz no seu livro uma reflexão  muito interessante desta questão humana,comparando-a com algumas situações existentes na natureza e na história da humanidade.
 
Ser um míope em relação a vida traz consequências futuras que você pagará no futuro, o tempo cobra juros altos e o risco é grande, mas uma tendência de hipermetropia traz também a situação de esperar por um tempo que nunca chega, e que não permite a pessoa viver o seu presente, onde o planejamento nunca migra para a prática.
 
Gianetti cita alguns exemplos interessantes como o dos camundongos. Os bichinhos passam a vida toda levando comida para sua toca, chegam a armazenar uma quantidade tão grande de alimento que não são capazes de consumi-lo totalmente, vivem em função disso. Trabalham para guardar e consomem pouco. Qual será a vantagem?
 
Um outro exemplo são as primaveras. Aquelas árvores que florescem quando chega a estação que dá o nome a elas. Quanto mais cedo a primavera florir, mais tempo ficará exuberante com suas belas flores e espalhará suas sementes pela terra, porém, correm o risco de brotarem suas flores na transição das estações. Brotar no finalzinho do inverno pode arruinar todo um ciclo, pois se a temperatura simplesmente despencar as flores morrem e a primavera não dá seus frutos durante toda a estação. Evidentemente árvores não pensam, mas se pensassem seria uma decisão difícil.
 
O ser humano também passa por isso. Vale mais a pena gastar toda a sua grana, energia e tempo na juventude sem se preparar para a sua velhice ou preparar-se para o futuro e quando chegar a velhice você não ter mais forças ou idade coerente para desfrutar em abundância de tudo aquilo que você acumulou?
 
Quem sai mais ganhando? O carinha que zuou tudo que tinha de zuar na vida. Não estudou, começou a trabalhar tarde e hoje vive de maneira mais humilde ou aquele que se aplicou, trabalhou, absteve-se de uma série de prazeres e hoje tem uma vida mais estabilizada só que não consegue aproveitar o quanto gostaria pois já tem mulher (ou marido) e filhos para criar?
 
Como todas as coisas na vida o segredo está no balanceamento entre as duas coisas, muitas vezes não sabemos onde está o ponto de equilibrio e sofremos por isso. Sempre achamos que poderíamos ter aproveitado mais ou que poderíamos ter pensado mais no futuro. É uma dúvida que persegue a muitos de nós. Não a toa normalmente quando alguém mais velho vai aconselhar um jovem entram duas frases "Aproveite sua juventude pois no futuro você não vai poder desfrutar de tudo" ou senão "Prepare-se hoje jovem, pois no futuro você poderá desfrutar de todo o seu esforço".
 
Qual frase está certa? Sinceramente não sei. A escolha é de cada ser humano.
 
E para descontrair vão alguns videozinhos de gente que viveu a vida a 1000 por hora, mas que por conta do risco não estão mais entre nós.



Escrito por oaraujo às 20h25
[] [envie esta mensagem] []



Um montão de coisas

Como estou (de novo!) há tempos sem escrever no blog, este texto tem o objetivo de tentar falar sobre tudo que se passou neste período de seca e que de certa forma me chamou a atenção.
 
O mundo anda tão cheio de bizarrices, tolices e algumas coisas legais que realmente fica difícil deixar de escrever sobre tantas coisas, mas enfim, talvez seja minha sina não atualizar meu blog...rsrs
 
Copenhagen foi sem dúvida um dos grandes fracassos da história, falou-se tanto, quanta ansiedade, quantos protestos, quantos discursos e no final não chegou-se a nenhum acordo. Ficamos com a impressão de que as grandes comitivas de políticos e ambientalistas foram para lá para comer chocolate, enquanto isso, só para falar de Brasil o Jardim Pantanal estava debaixo d´agua, e em seguida vieram as tragédias de Angra e de São Luiz do Paraitinga. O que se faz a respeito? Simplesmente recolhen-se os corpos, auxiliam-se os desabrigados e ficamos com falácias que vão desde teorias da conspiração divina até especialistas comentando o óbvio. E no final ninguém ataca a causa: Estamos de fato, vivendo problemas ambientais.
 
É uma vergonha um tradicional âncora da TV desdenhar dos votos de Feliz Natal de garis e depois com a maior cara lavada vir pedir suas desculpas em rede nacional, alguns jornalistas vestem-se de fato com a roupa mais suja que o ser humano pode usar: A do falso moralismo. E na frente das câmeras, com as mesas de som em ordem proferem seus comentários sobre o perfil duvidoso de outras pessoas da sociedade.
 
Um outro dia li um colunista que dizia que o turismo no mundo estava em decadência por conta da popularização dos pacotes de viagem, na sua argumentação ridícula, afirmava que não sentia mais glamour em viajar porque ficava em contato com milhares de turistas que pagavam suas viagens em centenas de prestações e que não sabiam se portar em viagens. Este era mais um da elite burra paulista que faz questão de virar o seu espelho e dizer aos demais, vejam como vocês são feios. Um ridículo.
 
Vi também com certa tristeza as críticas cinematográficas focadas em análise política e não em embasamento técnico para falar do filme de Lula. Sinceramente não gosto dos filmes de Fábio Barreto, acho-os fracos, mas não pode-se aceitar que críticos e reporteres de jornais possam destruir um trabalho somente focados em visão política.
 
Talvez esteja um tanto quanto ácido neste primeiro post de 2010, mas algumas descobertas aqui e acolá trouxeram realmente algumas surpresas, infelizmente não acrescentam muito a todos os percalços da vida, mas para mim são um certo alívio. Se para você alguma dica minha tem valor anote ai:
 
Filmes:
Veja "Bastardos Inglórios" do Tarantino e "Abraços Partidos" do Almodóvar.

 
 
Música
Ouça: "Superlasciva" uma banda Argentina que foi considerada revelação naquele país. Aliás se é para fazer pop-rock as bandas brasileiras poderiam ouvir.
De novo no Brasil, mas nem tão novo assim é "Móveis Coloniais de Acajú", um som bem legal pra dançar, pra relaxar e pra discutir.

 
Livros:
Para rir com a estupidez humana leia algum livro de "Charles Bukowski". Eu li Hollywood e achei o máximo.
 

Lugares para ir:
Eu continuo sempre indo aos mesmos lugares de sempre e continuo indicando os mesmos: Bar B no Centro de São Paulo, algumas casas de rock da rua Augusta tão valendo a pena ainda, Bar do Léo (Reversão Paulistana).
 
Enfim tem coisa pra caramba pra fazer e para concluir que parte do mundo é uma mentira. A verdade mesmo é você fazer aquilo que gosta, tomar sua pilula vermelha e seguir caminhando e criticando o que há de mal neste mundão de meu Deus!


Escrito por oaraujo às 12h50
[] [envie esta mensagem] []



Final da Mostra de Cinema

E não é que neste ano eu e minha linda esposa estavámos na premiação? Gentileza de meu amigon Anderson! Valeu ai pela força! Adorei!

Abaixo os vencedores do ano.

PRÊMIOS DO JÚRI - FICÇÃO

Melhor Filme: VOLUNTÁRIA SEXUAL (Coréia do Sul), de Cho Kyeong-Duk
Melhor Diretor: Andreas Arnstedt, por OS DISPENSÁVEIS (Alemanha)
Melhor Ator: Andrè Hennicke, de OS DISPENSÁVEIS (Alemanha)


PRÊMIOS DO JÚRI - DOCUMENTÁRIO

Melhor Filme: O INFERNO DE CLOUZOT (França), de Serge Bromberg e Ruxandra Medrea
Menção Honrosa: O ABRAÇO CORPORATIVO (Brasil), de Ricardo Kauffman


PRÊMIOS DA CRÍTICA

Melhor Longa-Metragem Estrangeiro: NINGUÉM SABE DOS GATOS PERSAS (Irã), de Bahman Ghobadi
Melhor Longa-Metragem Brasileiro: O SOL DO MEIO-DIA, de Eliane Caffé


PRÊMIOS DO PÚBLICO

Melhor Longa-Metragem Brasileiro: CARMO, de Murilo Pasta
Melhor Longa-Metragem Estrangeiro: ABRAÇOS PARTIDOS (Espanha), de Pedro Almodóvar e O ÚLTIMO DANÇARINO DE MAO (Austrália), de Bruce Beresford
Melhor Documentário em Longa-Metragem Brasileiro: DZI CROQUETTES, de Tatiana Issa e Raphael Alvarez
Melhor Documentário em Longa-Metragem Estrangeiro: TOM ZÉ – ASTRONAUTA LIBERADO (Espanha), de Ígor Iglesias Gonzáles
Prêmio da Juventude: SAÍDA A NADO (Suécia), de Måns Herngren


PRÊMIOS ITAMARATY

Melhor Longa-Metragem de Ficção: ANTES QUE O MUNDO ACABE, de Ana Luiza Azevedo
(também recebeu os Prêmios Quanta e Teleimage)

Melhor Documentário em Longa-Metragem: DZI CROQUETTES, de Tatiana Issa e Raphael Alvarez
(também recebeu os Prêmios Quanta e Teleimage)

Melhor Curta-Metragem: INSONE, de Marília Scharlach e Marina Magalhães
(também recebeu o Prêmio Teleimage)

Prêmio Especial - Homenagem pelo Conjunto da Obra: Paulo César Saraceni


PRÊMIO AQUISIÇÃO CANAL BRASIL

Melhor Curta-Metragem: O PRÍNCIPE ENCANTADO, de Sérgio Machado e Fátima Toledo

 



Escrito por oaraujo às 11h50
[] [envie esta mensagem] []



Ultimos filmes que assistimos na Mostra deste ano

02/11/2009
 
A HORA DA ESTRELA (Diretora: Suzana Amaral)
 
A hora da estrela é um filme de 1985 que passou por um processo de recuperação e é baseado no famoso livro de Clarice Lispector. Acho que Suzana Amaral é uma heroina pois fazer um filme de 1985 em um período onde o cinema nacional ainda estava hibernando é um ato de amor ao cinema. O plot em si é bem singelo, valem muito as imagens de uma São Paulo de 25 anos atrás e pelo conto de uma gata borralheira nordestina que tenta a vida na cidade grande. Lindo filme... Bravo Suzana!
JóiaJóiaJóiaJóia - Mó bom! 

 
05/11/2009
 
O APEDREJAMENTO DE SORAYA M (Diretor: Cyrus Nowrasteh)
 
O último filme que assistimos na Mostra foi um soco na cara!
Vi pessoas em prantos vendo o calvário de Soraya que foi condenada injustamente ao apedrejamento no  Irã por adultério. Um filme forte do ponto de vista de tensão e sim. Violência no final.
O que mais me chamou atenção? É uma história baseada em fatos reais que AINDA acontencem em nosso tempo.
Sim, sim... Isto é o ser humano. Excelente filme!
JóiaJóiaJóiaJóiaJóia - Bom prá Car....



Escrito por oaraujo às 11h12
[] [envie esta mensagem] []



Mais filmes da Mostra de Cinema

Com bastante atraso, seguem os coments de outros filmes que vimos na Mostra de cinema de São Paulo neste ano.
 
31/10/2009
 
AQUILES E A TARTARUGA (Diretor: Takeshi Kitano)
 
Confesso que fui assistir ao filme com base no título e não me arrependi!
Aquiles e a Tartaruga é uma história de perseguição incansável de um sonho e nos faz refletir qual o limite entre a perseguição de um objetivo e a obsessão, as fronteiras do que realmente vale a pena e o bom senso.
Conta a história de Machisu, que desde menino é aficcionado por pintura de quadros e coloca a sua vida em favor do sonho de tornar-se um artista reconhecido. A sua paixão pela arte também é acompanhada por sua esposa dedicada que o acompanha nas aventuras para produzir o quadro ideal.
Se sair no Brasil vale a pena conferir o cinema do diretor Takeshi Kitano.
 
 JóiaJóiaJóiaJóia - Mó Bom

01/11/2009
 
ANTES QUE O MUNDO ACABE (Diretora: Ana Luiza Azevedo)
 
O título do filme de Ana Luiza Azevedo parece paradoxal ao passo que trata da vida de adolescentes no interior do Rio Grande do Sul, entretanto, a história mostra de forma bem sensível e doce as dúvidas e as descobertas de um garoto que foi abandonado pelo pai e que aos 15 anos começa a descobrir a realidade sobre amizade, amor e relacionamento com os pais. Destaque para a menina que faz a irmã do protagonista que é realmente genial.
Comentei em alguns foruns que em algum momento da história somos remetidos a um Jules and Jean adolescente, o que não é comparação, apenas um indicativo a mais para o filme ser legal.
JóiaJóiaJóiaJóia - Mó bom 

 
02/11/2009
 
LONDON RIVER (Diretor: Rachid Bouchareb)
 
Após a virada do século o mundo ainda possui feridas que precisam ser curadas e explicadas, creio que London River presta um serviço de qualidade neste sentido. A partir dos atentados de Londres em 2005 Rachid Bouchareb conta a história de uma mãe a procura da filha e de um pai a procura de seu filho que sumiram após a ocorrência dos atentados. Apesar das diferenças explicitas entre os dois do ponto de vista cultural e religioso - Ela Cristã e ele Muçulmano - a esperança os move para encontrar os filhos vivos. O filme ainda nos tras a reflexão sobre os pré-conceitos da sociedade no geral que via de regra vive os mesmos problemas de forma conjunta, pois a tragédia não poupa raça, ideologia ou religião.
JóiaJóiaJóiaJóia - Mó bom



Escrito por oaraujo às 10h55
[] [envie esta mensagem] []



Caso Uniban

Uma pausa nos coments de filmes para fazermos uma comparação esdrúxula...

 

 



Escrito por oaraujo às 22h58
[] [envie esta mensagem] []



26/10/2009

ABRAÇOS PARTIDOS (Diretor: Pedro Almodovar)
 
Para mim é difícil falar de um dos meus diretores favoritos, mas é o seguinte: Abraços Partidos não é melhor do que "Volver" nem melhor do que "Fale com Ela" , mas é um grande filme!
 
Acho que é um filme que essencialmente fala de Paixão arrebatadora tanto por alguém como por algo. É um filme de reencontros dos personagens com o seu passado e com seus ideais.
 
Mateo Blanco é um diretor de cinema que ficou cego em um acidente e que não se conforma com a morte da amada, mas por conta de um acidente com seu assistente ele passa a ter contato com um passado que até aquele momento queria esquecer.
 
Aliado a tudo isso ainda é possível curtir as cenas magnifícias que Almodóvar é capaz de produzir.
JóiaJóiaJóiaJóia - Mó bom
 
 


Escrito por oaraujo às 11h52
[] [envie esta mensagem] []



25/10/2009

A PROCURA DE ERIC ( Diretor: Ken Loach)
 
Aficcionados por futebol Uni-vos!
Lembram de Eric Cantona? Pois é ele mesmo que atua neste filme Inglês que conta a história de um humilde carteiro de Manchester também chamado Eric (Steve Evets) que está todo zuado da vida, a ex-mulher a odeia, os filhos são bandidos e ele um fracassado. A única forma de conseguir reverter este quadro é recebendo uma ajuda divina ou uma análise psicológica e eis que ai aparece Eric Cantona em forma de visão e começa a fazer as duas coisas, a ajuda e a análise.
Alem disso tudo tem várias imagens de Gols do Cantona na época do Manchester.
Pense nisso: O passe é mais importante que o Gol.
JóiaJóiaJóiaJóiaJóia - Bom prá Car....

  
A FALTA QUE NOS MOVE (Christiane Jatahy)
 
Experimentação. Este é o adjetivo principal do filme. É como se fosse um BBB mas com algo a mais entende? 5 atores são convidados a passar uma noite inteira em uma casa com um roteiro totalmente aberto e sendo dirigidos apenas por mensagens de SMS. Em algum momento o desafio ao espectador está em tentar discernir onde está a realidade e onde está a ficção.
 
Alguns vão odiar pois do ponto de vista de história não há algo muito estruturado, pois o roteiro é citado a todo momento, porém , é louvável a coragem da diretora que deixou um filme que poderia perder-se na montagem em um produto muito legal que instiga quem assiste.
 
Abaixo um Bate-papo com Christiane Jatahy
 



Escrito por oaraujo às 11h29
[] [envie esta mensagem] []



[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]





Meu perfil
BRASIL, Homem, de 26 a 35 anos, Cinema e vídeo, Arte e cultura


Histórico
Categorias
Todas as mensagens
Link


Outros sites
Visões da Metropóle
Blog do Filme O toque - Coletiva filmes
Leonardo Boff
Filosofia Virtual
Amigos do Vinho
Mostra Internacional de Cinema
Public Gallery! - Galeria de Arte Virtual
Blog do Rato
Blog do Ednaldo - Poesias legais!
Blog de 4 - Excelente mesmo!
Feito a mão - Carla Sizino - Blog de acessórios lindos
Blog Ajude a Africa - Por Carla Sizino